fundo

4 de março de 2013

♥ 18 meses, meu amor



Completas hoje 18 meses, meu amor.
Um ano e meio de vida!

Hoje é um dia especial. Afinal um ano e meio é um marco.
Ainda anteontem nasceste, e ontem completaste um ano e hoje já fazes um ano e meio.
Parabéns, meu amor!

Estás lindo e grande! E tão traquinas! Não páras um instante, sequer! 

Continuas a adorar ajudar nas tarefas de casa e agora passas a vida a "aspirar" a casa, a guardar a louça e a dar molas enquanto estendo a roupa. Uma sortuda é o que eu sou!

Percebes tudo o que te dizemos. Confesso que por vezes até fico surpreendida com as coisas que entendes!
Mas continuas sem dizer nada. Repetes muiiiiito de vez em quando o "má-má", o "pa-pa", o "à tá", e o "oá". Mas continuas sem fazer grandes esforços para falar e lá vais apontando o dedo com o "hum-hum" para te fazeres entender. 
Agora aprendeste-te a técnica de nos vires buscar pela mão e levares até onde pretendes alguma coisa, apontando e mostrando com as tuas expressões "quero isto, mamã! estás a entender?!?". E que bem te fazes entender!

Mas se te perguntamos onde está a boca, o pé, a mão, o cabelo, as orelhas, a barriga, o piripiri mostras de imediato. Se te perguntamos pela boca deitas a língua de fora, pelo nariz fazes (com a mãozita em cima do nariz) o méeee no nariz, e se te perguntamos pelos olhos piscas com a expressão mais caricata do Mundo!
Um riso. Eu adoro ver-te fazer estas pequeninas coisas e estas tuas conquistas deixam-me de coração cheio.

Adoras música e adoras dançar! Os Caricas, A Xana Toc-Toc, a música dos Parabéns, a Sónia são a tua alegria. E adoro ver-te fazer não com o dedo indicador levantando a imitar a Sónia-A Professora.
Passas a vida a pedir para te mostrar os vídeos no computador e pões toda a gente a ligar o youtube para te mostrar, a mamã, o papá, o avô e até a avó.

Não és invejoso e partilhas a comida toda. Ofereces sempre o que estás a comer e ficas muito ofendido quando não aceitamos.
Continuas a comer bem. Aliás é um consolo ver-te comer, e ter tanto prazer em provar e apreciar os alimentos. Adoras experimentar/provar coisas novas.
E quando queres alguma coisa sabes muito bem pedir e explicar o que queres. E quando não é aquilo também abanas logo a cabeça a dizer não!

E café! O que adoras ver uma chávena de café! Se tu ouvires a máquina do café a funcionar corres até nós para te deixarmos enfiar uma colher (sim, porque tens que ter uma colher) na chávena e provar um bocadinho. Esteja doce ou amargo tu nunca te queixas e tentas repetir pelo menos mais uma vez.

És um vaidoso! Gostas tanto de te ver ao espelho e basta dizermos "vai ao espelho ver se te fica bem" e corres para apreciar a tua imagem.
Aprendeste a fazer cu-cu com o espelho e é ver-te a fazer festinhas ao bebé que aparece reflectido.

Adoras que o avô ou o papá te ponham ao volante do carro! É o delírio!
Imita-los a conduzir, a meter as mudanças, a meter a chave na ignição e a tentar rodá-la, de sorriso aberto e tão feliz! 
Acho que é um dos teus momentos preferidos.

Acho que começas a entender bem quando se aproximam os momentos de separação e começas a choramingar quando percebes que eu, o papá ou os avós se vão embora. Faz parte do crescimento, não é? Mas custa um bocadinho ver-te sofrer com a separação.

Adoro-te, meu amor.

Obrigada por seres este bebé, de 18 meses, tão especial.

Amo-te daqui até à lua (e mais o caminho de volta).

Amo-te até ao infinito.
 


10 tretices:

Jei disse...

oh que fofura!! Parabéns pelos 18 meses <3

Bi disse...

ParaBens querida Raquel! ParaBens pequeno A!! Os teus textos são sempre um amor!! <3

Um grande beijinho

Marta AM disse...

Parabéns!! E aproveita pois passa a correr

Princesa sem Reino disse...

MUITOS Parabéns!!!! E que ternura se sente nas tuas palavras! Um beijo enorme!

Susana disse...

Parabéns ;o) Os nossos piolhos têm muito em comum, o meu G também adora café, doce ou amargo, e tem que ter também uma colher, um dia depois de beber um café esqueci-me da chávena na beira da bancada da cozinha, ele conseguiu pegar nela, passeou pela casa com ela, veio ter comigo, olhou para mim, levou a chávena á boca que nem gente grande e ficou com bigode de café e nem fez cara feia eheh

Beijinhos

Magui disse...

Que texto lindo e que doce de bebé/menino crescido que tu tens! Adoro-vos! Um beijinho enorme de parabéns pelo ano e meio!

Polly disse...

18 meses é sempre um marco! A mim ainda me faltam 2 mesitos para os festejar com o meu amor!

raquel disse...

Um beijo enorme para todas.
Obrigada pelo vosso carinho*

Miú Segunda disse...

Que sorte ele comer bem! Só isso já é um descanso!
E está tão crescidinho e lindo... Parabéns!

raquel disse...

Obrigada, querida Miú!
Um beijo enorme*

Quem passa por cá