fundo

4 de dezembro de 2012

♥ 15 meses, meu amor



Hoje completas 15 meses, meu amor.

Este mês foi marcado por muitas coisas menos boas, meu pequenino. Não contigo, mas connosco.
Houveram lágrimas, houve cirurgia de urgência, houveram desilusões. Houve muito, muito trabalho e muito cansaço. Houveram problemas que não devia ter trazido para casa, ter trazido até ti.
Tu só mereces sol, paz, mimo e muito, muito amor. Não precisas de papás cansados, desanimados e tristes.

E por ti, por nós prometo fazer sempre um esforço muito grande para trazer coisas boas para a nossa casa, para a nossa família.

Este mês também foi marcado pela primeira vez que estiveste doente. Doente com febre, com muito choro, e muita angústia nossa. 
Passou tudo (graças a Deus) mas ficaram algumas mazelas provocadas por esse período. O dormir, as noites! Nunca mais adormeceste bem sozinho e tem sido um "filme" regressar aos tempos que adormecias na tua cama e te confortavas a ti próprio. E durante a noite choras imensas vezes, um choro sofrido e inconsolável.
Ainda temos que ver como vamos reverter esta situação, mas confesso que o cansaço tem-se apoderado de nós e não temos conseguido contrariar tudo isto.

Mas deixando as coisas menos boas de parte, este mês foi recheado de momentos bons.

Estás lindo, meu amor. 
Tens tanto de meigo como de malandro. Encantas-nos a todos com o teu ar de menino mimado e doce.

Não paras um segundo que seja e já fazes imensos "recados", como levar a fralda ao lixo, apanhar as coisas que te pedem do chão, trazer os brinquedos e aquilo que te pedimos até nós.
Percebes quase tudo que te dizemos (e ficamos espantados com as coisas que tu entendes!) mas continuas sem dizer nada. Salvo o muito raro "oá" (olá), "à tá" (já está) e papá, mas só quando queres muito!

Adoras chaves, adoras abrir e fechar gavetas e armários, adoras tirar os tachos todos da gaveta, adoras brincar com a cesta das molas e espalhá-las por toda a casa, adoras tirar toda a roupa suja do teu cesto, adoras tirar os cintos todos do papá do armário, adoras comandos que funcionem realmente!!
E estes são os teus brinquedos preferidos! Tudo o que seja realmente brinquedo, didáctico não ligas muito. A não ser o cãozinho de madeira de empurrar, que os avós te ofereceram, e que tu amas.

Continuas a adorar tomar banho, e é sempre o mesmo "festival" quando te tirámos da banheira. E continuas a odiar vestir-te.
Percebes muito bem o não, e sabes muito bem quando estás a fazer(ou prestes a fazer) alguma coisa que nao podes, mas daí até obedeceres é um longo caminho!
Tu ainda não sabes mas derreto-me com os teus olhares de gato do Shrek, mesmo quando da minha boca saem "nãos" consecutivos e forço uma cara séria e segura da minha autoridade.

Os teus avós são totalmente apaixonados por ti e tu tens tanta sorte, meu pequenino. Tanto amor que recebes, tanto carinho, tanta atenção. E eu derreto-me com toda esta dedicação e paixão por ti.

Dás os abraçinhos, os miminhos, as festinhas melhores de todo o mundo!
São preciosos, meu amor! Tu és precioso.
E amo-te mais a cada dia, a cada instante.

Obrigada por nos fazeres tão felizes.


12 tretices:

Princesa sem Reino disse...

Parabéns pelos 15 meses do A. E espero que essas coisas todas menos boas vão e não voltem.

Um grande beijinho nosso para (em) vocês

M.P. disse...

Tão bom!...que rico menino... Estou mortinha por revê-lo:-)
Um grande beijinho e muita força, para ultrapassarem esses momentos menos bons...

Bi disse...

Está um amor, uma ternura!! E as coisas menos boas também fazem parte! Mães e Pais também são humanos e têm fraquezas! Vai correr tudo bem!

Um dos brinquedos preferidos da Carlota também é o cesto das molas! ADORA!! Fica doida quando a deixamos espelhar tudo! E é tão bom vê-los assim felizes, com tão pouco!

Parabéns pelos 15 meses pequeno A.!
Um beijinho

sandra disse...

Parabéns pelos 15 meses para o lindo A. :)
Essa fase do sono vai passar e vai novamente dar boas noite aos papás não te martirizes pelo cansaço existem fases menos boas que mesmo que tentemos dar o melhor de nos há aquele momento em que mesmo sem querer nos deixamos ir a baixo para a frente vai tudo correr bem :)
bjinhos

May Mom disse...

Parabéns!!!
Muitas felicidades e beijinhos para ti e para o A.

Miú Segunda disse...

Obrigada por este relato tão pormenorizado e querido do teu bebé adorável, Raquel! Nem imaginas a quantidade de coisas em comum que ele tem com o meu! TODAS, mas todas!, as brincadeiras que descreves se aplicam ao meu Feijão (com excepção das molas, que estão fora do alcance dele): os comandos, as portas, as gavetas, as panelas... OLha, é engraçadíssimo.
Não te culpes pelo resto - de que aliás não és responsável! Vais ver que tudo há-de passar... Muitos parabéns e um beijinho

Sofia Loves disse...

E o que é bom tem mais força! Parabéns!!

Magui disse...

Adorei o texto e adoro esse menino lindo! As coisas más existem sempre, nao há volta a dar! Beijinhos

Joana14 disse...

Muitos parabéns pelos 15 meses do A.:)
E não te culpes minha querida, somos humanos e todos temos momentos menos bons, o teu menino é de certeza muito feliz com tanto amor e carinho.
Muitos beijinhos e melhores dias para vocês.

raquel disse...


muito, muito obrigada a todas pelas palavras, pelo carinho e pela amizade!
um beijo em cada uma de vocês. muito especial*

Cat disse...

Então tudo de bom :)
Beijinhos

Pampa disse...

Que todos os anos sejam tão bons ou melhores que estes 15 meses do A. É o melhor amor, o mais verdadeiro. Muitos parabéns e todas as felicidades.

Quem passa por cá