fundo

1 de setembro de 2012

consulta do ano*

Fomos ontem à consulta dos 12 meses e ... M-E-U  D-E-U-S!

O meu filho portou-se tão, mas tão mal na consulta que só me apetecia fugir dali.

O pediatra tentava consolar-me (sim, consolar-me e descansar-me, tal era a vergonha) dizendo que são quase todos assim, e que as consultas dos 12, 15 e 18 meses são de berros, literalmente!

Foi uma coisa nunca vista! Berrou, berrou, berrou...
Mal entramos dentro do consultório e o dr. se aproximou para lhe dar um beijo começou a "festa" e foi sempre a aumentar o volume até sairmos dali!
Eramos três (eu, o pai, e o médico) a tentar segurar nele para que se pudesse fazer as coisas mais básicas, como pesar, medir, auscultar, ver boca e ouvidos...
Eu transpirava tal eram os nervos, a ansiedade e a vergonha. 

Deu para fazer o básico, para ver tudo a correr. Perante o meu estado de nervos  e a aparente calma do pediatra, que não parava de repetir "eu não o estou a magoar, só que como o estou a contrariar ele fica assim..."

E eu fico completamente esgotada, não consigo tirar dúvidas nenhumas, e sempre com a horrível sensação que o médico não viu tudo que havia para ver (coisa que tento logo esquecer, senão dou em doida!).

Viemos com a constatação que este pequeno está grande e que, aparentemente, está tudo bem. 

"Abertura total" na alimentação, com excepção dos frutos secos e da carne de porco. Mas com a indicação de introduzir um alimento de cada vez e esperar uns dias para introduzir outro para despistar possíveis alergias.
O leite continuará a ser o aptamil por mais uns tempos.

Marcamos consulta para os 15 meses e espero (esperamos todos!) que só seja mesmo preciso consulta nessa altura, porque bem preciso (precisamos) de um intervalo de 3 meses (e mesmo assim, não sei se me recupero!).

8 tretices:

Sara disse...

Não entendo porque não se pode dar leite de vaca a partir dos 12 meses. A nossa pediatra também nos mandou continuar com o leite de substituição. Se te serve de consolo, a minha filha também é um desastre em algumas consultas!

raquel disse...

:)
Sara, obrigada pela tua visita e pela mensagem.
Também não entendi o porquÊ de prolongar com o leite de substituição, mas a indicação é essa! eu quero acreditar que é porque já vão haver muitas alteraçoes na alimentação deles e por isso poderemos atrasar esta mais um bocadinho...
beijinho para vocês*

Magui disse...

O meu pediatra nao fala nem olha para o F nos primeiros 15/20 minutos e ele nao costuma chorar nas consultas, só tivemos uma vez que nao se queria deitar, mas fora isso corre bem! Quando fomos à urgência a pediatra começou logo a meter-se com ele e foi o drama, depois ela dizia que era de ele estar com febre, mas eu acho que eles estranham menos se ninguém lhes ligar! Claro que ele com a idade começa a associar o local e a lembrar-se que nao gosta daquilo...
Quando ao porco o meu pedi nao disse nada, mas ainda nao dei nem vou dar!
Beijinhos e aproveita estes 3 meses para recuperar :)!

raquel disse...

Pois, se calhar essa é a postura certa! E eles estranham menos se não lhes ligarem...
Apesar que mal entrou no consultório e o viu começou logo a fazer aquele "biquinho" de quem vai partir para a berraria...
Beijo bom*

Joana14 disse...

O Rodrigo aos 10 meses também berrou que eu sei lá... De início está tudo bem, mas quando tem que se deitar e o pediatra tem que o segurar para ver os ouvidos é o fim do mundo. Começa um berreiro que parece que o estão a matar. Por aqui também temos indicação para adiar o leite de vaca, eu bem queria começar porque cá ainda é só maminha...
Beijinhos grandes.

raquel disse...

É tal e qual... Parece que o estão a torturar antes de o matar!
Credo!
Ainda me mexe com o sistema nervoso de uma maneira!
Beijinhos enormes para vocês*

M.P. disse...

Estou para ver o que me espera em Outubro. Nós aos 12 meses já temos autorização para iniciar o leite meio gordo. Mas o pediatra do João costuma ser muito liberal nestas coisas da alimentação. Já na questão do peixe, todos os legumes e frutas ele come desde os 6 meses...... Cada cabeça sua sentença...

raquel disse...

Mp, pode ser que o bolachinha se porte bem! Há que ter esperança... :)
Isto dos pediatras é mesmo "cada cabeça sua sentença!"

Quem passa por cá