fundo

4 de março de 2012

6 meses de ti, meu amor*





Meio ano de ti.
Meio ano! 
Olho para ti e sinto um amor tão grande. Um orgulho tão grande.
Como gosto de ti, meu amor.

Estás enorme. Tão diferente daquele bebé recém-nascido que finalmente conheci há 6 meses atrás (também num domingo, pelas 18h).
Cada dia aprendo uma coisa contigo e adoro que cresçamos os dois em conjunto. Ensinas-me tanta coisa, meu pequenino.

Continuas a não ser um bebé de sorriso fácil, mas adoras que te faça "pantominices" para te rires à gargalhada. Como gostas que te sopre, que te dê beijinhos por todo o lado (e como eu abuso nisso).

Estás muito mimado, e eu adoro mimar-te. Mas não quero nada que te transformes num bebé mimalho e birrento (temos que ter muita atenção a isto, aos sinais).
Toda a gente é louca por ti. Eu, o papá, o tio, os avós, os tios-avós...
Anda tudo à tua volta para te poder pegar e acarinhar.
E tu adoras ser o centro das atenções. Adoras este mimo todo.

Continuas a beber leite materno e adoras (passou a fase menos boa do choro na mama, que me estava a deixar triste e desesperada). Mas agora só mamas de manhã, pelas 7h, e depois a partir das 16h30, quando a mamã volta do trabalho, e até ires para a cama.
Já comes sopa e fruta. Mas isso é outra estória... A fruta comes relativamente bem, mas a sopa é uma luta. E que luta... Eu e a avó estamos sempre a puxar pela criatividade e a inventar recursos para conseguir que tu comas. Vamos acreditar que tu hás-de gostar de sopa.

Dormir durante o dia não é contigo. Nunca vi um bebé assim. Parece que não precisas de dormir, de fazer sestas... Mas na realidade precisas e como não queres, como fazes tanta resistência ao sono, fazes birras tremendas quando estás cansado.
Por outro lado durante a noite já dormes muito melhor e já agradeço muito por isso. E como tu gostas de dormir na tua cama, no teu quarto (acho sinceramente que dormes muito melhor desde que mudei para lá). Pelas 21h começas a acusar o sono que tens e esfregas a carinha em mim, e já coças muito os olhos com as mãos. A mamã já sabe que tem que começar o ritual do soninho.

O banho continua a ser um momento que tu adoras. E agora que te seguras sentado na shantalla é uma animação, é ver-te chapinhar o quarto todo enquanto nos rimos e nos deliciamos com a tua alegria.
Mas vestir-te é uma aventura. Odeias que te vistam e fazes um festival que não se entende.

És tão curioso, meu pequenino. Quando andas ao colo a tua cabeçita não pára de rodar de um lado para o outro. Não queres perder nada à tua volta.
E por isso adoras passear! Adoras andar no teu carrinho e normalmente portas-te bem.

Ainda não te entreténs muito. Cansaste muito rapidamente dos brinquedos que te dou, e a mamã farta-se de inventar mil e uma brincadeiras para te distrair.
Não gostas muito que insista em pôr-te de barriga para baixo, ou que te estimule para rebolares. Também não insisto muito. Tens tempo, meu amor, mesmo quando dizem que já devias fazer isto ou aquilo.
Começamos a tentar sentar-te mas ainda não te seguras e é um riso ver-te tombar para os lados, ou para a frente (parece que tens uma mola). Mais uma vez, tens tempo.

Desde o dia 22 de Fevereiro que vais para a avó durante o dia, pois a mamã tem que trabalhar. Custa muito deixar-te de manhã, apesar de saber que ficas muito bem, muito mimado, muito acarinhado, muito bem cuidado. E ao fim do dia corro para ti o mais depressa possível. E quando me vês sorris, pela saudade (espero que sim, meu amor) e pela maminha.

A mamã adora inventar nomes/diminutivos para ti. Numa coisa nossa.
E tu parece que entendes. Adoras que cante músicas inventadas, com esses nomes. Sorris muito e a mamã ama!

Como eu te adoro, meu grande amor pequenino.
E só quero que sejas muito, muito feliz*



7 tretices:

Magui disse...

Tão lindo... Adorei ler... Confesso que os seis meses mexem comigo e o teu texto está delicioso! Muitos parabéns aos dois e um milhão de beijinhos

*sara* disse...

Lindo... Seis meses... Parece que nasceu ontem não e? A Rita também faz seis meses esta semana... Meio ano... Ate custa acreditar que o tempo passou assim tão depressa....


Beijokinhas e feliz 6 mensario :)

raquel disse...

Magui,
Obrigada, querida.
Sem dúvida que os seis meses são um marco.
Beijinhos aos milhões para vocês*

*sara*, se parece! A Rita faz no dia 9, não é?
Quem lhes autorizou a crescer tão rápido?
Beijinho enorme e obrigada, querida*

Princesa disse...

Parabéns!!! A ti Mamã e ao A., estão ambos de parabéns! Seis meses é um marco... e o tempo passa tão rápido...
Um grande beijinho

raquel disse...

Obrigada, Princesa.
Se passa, se passa...
Um beijinho enorme*

Rit♥Catita disse...

Muitos parabéns pelos 6 mesinhos do pequeno A.

Beijinhos

raquel disse...

Obrigada, querida*

Quem passa por cá