fundo

17 de janeiro de 2012

amor pequenino*

17.01.2011, sensivelmente por esta hora faço um teste de gravidez. 
Andava a adiar fazê-lo porque não acreditava ser possível, afinal era o primeiro mês sem precauções, apesar de sentir que algo estava diferente em mim.
Sem ter que esperar o tempo definido aparecem duas linhas cor-de-rosa. Estou grávida. 
Repito para mim uma série de vezes "estou grávida". Não parece real.
Naquele momento sinto um misto de emoções. Uma tontura... Felicidade, e muito medo de não ser capaz. Duvido de mim e tenho receio.
Tenho que contar ao papá urgentemente. Conto-lhe da forma mais atabalhoada e infantil, mas também a mais sincera e genuína.
E aí sim, a felicidade é plena.
É um momento que seguramente guardaremos para sempre. Tão bom, tão sereno, tão feliz, tão nosso.
Quisemos confirmar mais uma vez e corri umas três farmácias em busca do teste digital que tanto publicitam na televisão. 
Corremos para casa e confirma-se o nosso pequeno amor, com um 3+ (estaria grávida de mais de três semanas).
E foi o início de uma caminhada tão feliz.
Adorei estar grávida.
E estou completamente apaixonada pelo meu grande amor pequenino. É um amor tão bom, tão grande, tão crescente.

O dia 17 de Janeiro já era especial por ser o dia de aniversário da minha avó que faleceu em 1998 e de quem tenho muitas, muitas saudades.  
Adoro esta coincidência da data. 
Adoro o facto de os ligar desta forma.


4 tretices:

Princesa disse...

É mesmo um momento único e que nunca se esquece!!!
Beijinhos

raquel disse...

É verdade.
Beijinhos grandes*

Duchess disse...

Fizeste o teste no mesmo dia em que eu fiz o teste. Agora fiquei arrepiada.

raquel disse...

:) haverá coencidência?

Quem passa por cá